Pular para o conteúdo principal
Publicado em 2, Mar 2021 por Anônimo
Expectativas de Mercado
Publicações

As mudanças feitas na parte executiva da Petrobras repercutiram de forma negativa no mercado financeiro, o que gerou incertezas sobre os próximos passos para a política econômica do país, influenciando nas expectativas do mercado sobre importantes variáveis macroeconômicas.

Reflexo disso, houve aumento da mediana das expectativas sobre a taxa de câmbio, que teve aumento para R$/US$ 5,10 em 2021, e nos anos subsequentes estimados pelo mercado. Essa incerteza também influenciou na mediana de expectativas do investimento direto no país, de US$ 60 bilhões para US$ 55 bilhões em 2021, e também apresentou queda sucessiva para os próximos anos.

Chama atenção a queda acentuada da expectativa sobre a produção industrial, de crescimento estimado 5,18% para 4,30%. Parte dessa variação é explicada pela velocidade da vacinação e o colapso do sistema de saúde de vários estados, o que pode aumentar as medidas de isolamento e consequentemente influenciar o consumo e produção de bens e serviços. Outra consequência é sobre o descompasso já existente entre oferta e demanda de bens, o que reflete na distorção de preços.

Em relação ao IPCA, um dos principais indicadores de inflação utilizado no Brasil, o mercado manteve pela segunda semana seguida a estimativa acima da meta estipulada pelo Banco Central, de 3,75% no ano.

Tags Publicações