Pular para o conteúdo principal
Publicado em 22, Jun 2022 por economia_obser…
Cenário interno de um porto com containers
Publicações

Balança comercial de maio de 2022

balança comercial de SC e Brasil em maio

No mês de maio, o saldo da balança comercial catarinense (exportações menos importações) registrou déficit de US$ -1,3 bilhão. Esses déficits são historicamente presentes na economia do estado, devido ao recebimento de insumos industriais para a Indústria de Transformação.

No cenário nacional, houve superávit de US$ 4,9 bilhões no mês de maio. No acumulado do ano (janeiro a maio), o país registrou superávit de US$ 25,4 bilhões, o que representou uma queda de 4,3% em relação aos primeiros cinco meses de 2021.

Exportações


Pelo segundo mês consecutivo, as exportações catarinenses superaram a marca de US$ 1 bilhão, o que representa um recorde na série histórica para um mês de maio. No acumulado do ano (janeiro a maio), as exportações catarinenses atingiram US$ 4,6 bilhões, o que representou um aumento de 22,0% em relação ao mesmo período de 2021.

Nos primeiros cinco meses do ano, Santa Catarina aumentou o montante e o volume exportado em produtos de maior intensidade tecnológica, ao mesmo tempo que reduziu em setores não industriais. Dos produtos mais sofisticados, pode-se destacar o crescimento nas vendas de Motores elétricos, Pigmentos e Partes para máquinas e motores tanto em países da Europa como também para as Américas.

Produtos exportados por SC por intensidade tecnológica

Já nos produtos de média intensidade tecnológica, os destaques ocorreram nas vendas de Papel Kraft, Cerâmica não vitrificada e Produtos de plástico, com crescimento no fornecimento sobretudo na América do Sul. 

As Carnes de aves continuam sendo o principal produto exportado pelo estado e tem como principal destino o Japão, seguido da Arábia Saudita. O estado aumentou suas exportações para países do Oriente Médio em 2022, como a Arábia Saudita e os Emirados Árabes, com destaque no fornecimento de produtos de média e alta intensidade tecnológica. Outro exemplo é o Irã, que aumentou substancialmente suas compras de milho e farelo de soja do estado.

Principais produtos exportados SC em 2022

As vendas internacionais de Santa Catarina aumentaram para a maioria dos seus principais parceiros comerciais, com exceção da China, em decorrência da desaceleração econômica ocorrida nos últimos meses. 

Principais parceiros comerciais de Santa Catarina - exportações

Importações

No mês de maio, as importações catarinenses registraram US$ 2,4 bilhões, representando aumento de 14,3% em relação ao mesmo mês de 2021. Já nos primeiros cinco meses do ano, o estado importou US$ 11,3 bilhões, aumento de 13,7% em relação ao mesmo período de 2021.

O montante importado no mês em Santa Catarina representou o maior valor histórico para um mês de maio desde o início da série em 1997, influenciado também pelo maior nível dos preços dos insumos e matérias-primas industriais. No entanto, apesar do aumento nos preços das importações, Santa Catarina vem aumentando também o volume importado, registrando também recorde histórico nesta variável para um mês de maio.

No mês de maio, Santa Catarina aumentou as compras de Coque de petróleo, oriundo dos Estados Unidos e de Sal, oriundo do Chile. Além disso, Santa Catarina também aumentou a compra de Fertilizantes nitrogenados de Omã, principal fornecedor catarinense do produto, além de elevar também, de forma substancial, o volume importado do produto da Nigéria.

Principais produtos importados SC

Outro ponto a ser destacado é o aumento no preço do Ferro laminado plano. Entre os principais produtos importados no estado, o aumento nos preços vem se traduzindo em quedas no volume importado. Além disso, a desaceleração da economia chinesa (maior fornecedora do produto para o estado), que passou recentemente por lockdowns, também gerou gargalos no fornecimento global, impactando o preço do produto.

variação no volume vendido em materiais de construção

Insumo importante em várias cadeias produtivas, sobretudo no setor da Construção, o aumento nos preços do ferro e aço acaba se refletindo no desempenho mais restrito da atividade industrial. Tanto Santa Catarina como o Brasil registram variações acumuladas negativas no ano nas vendas de materiais de construção.

Principais parceiros comerciais de Santa Catarina - importações

O estado também vem aumentando em 2022 as compras internacionais de outro insumo fundamental em diversas cadeias produtivas, os Semicondutores, mesmo com os contínuos avanços nos preços e gargalos logísticos desencadeados pela guerra na Ucrânia e pelo congestionamento no maior porto de containers do mundo, em Xangai.

Para ver o boletim na íntegra, acesse o link abaixo:
 

Tags Publicações