Pular para o conteúdo principal

Riquezas Naturais

Localização e
Riquezas Naturais

Santa Catarina situa-se em um dos lugares mais estratégicos da América do Sul. Localizada na Região Sul do Brasil, tem como vizinhos nacionais os estados do Paraná e Rio Grande do Sul, com quem possui fortes relações econômicas e similaridade nos quesitos cultural e social. ​

Mais ao norte, a proximidade com São Paulo e Rio de Janeiro mantém Santa Catarina junto aos grandes centros urbanos. Já o Oeste catarinense, além de fazer fronteira com a Argentina, é avizinhado por Paraguai, Chile e Bolívia, sendo cartão de entrada de muitos visitantes latinos.

A capital, Florianópolis, encontra-se a 705 km de São Paulo, a 1.144 km do Rio de Janeiro e a 1.673 km de Brasília. Entre os centros internacionais, destaca-se a proximidade com Buenos Aires (Argentina, 1.850 km), Assunção (Paraguai, 1.350 km), e Montevidéu (Uruguai, 1.360 km).

Ainda que represente pouco mais de 1% do território brasileiro, Santa Catarina apresenta uma geografia rica e diversificada. As características de relevo, clima, vegetação e hidrografia tornam o Estado singular.

Seis mesorregiões compõem seu território: Serrana, Sul Catarinense, Vale do Itajaí, Norte Catarinense, Oeste Catarinense e Grande Florianópolis. Essas localidades estão distribuídas em três grandes unidades de relevo: Planície Litorânea, Serras (em direção ao Oeste) e Planalto (abrangendo o Oeste e o Meio-Oeste). Dentro dessas grandes unidades é possível encontrar divisões mais específicas de acordo com as características de formação de cada espaço.

A vegetação também apresenta variedade ao longo do território. Na região litorânea e nas serras costeiras predomina a Mata Atlântica. As regiões Serrana e Meio-Oeste apresentam Mata de Araucária, além dos Campos do Planalto com característica mais campestre e na região Oeste predomina a Mata Caducifólia.

O clima predominante é o subtropical úmido, com quatro estações bem definidas. Nas análises de temperaturas médias anuais, as regiões mais frias estão no planalto serrano e no meio-oeste, enquanto as regiões mais quentes encontram-se no oeste e no litoral.

Em termos hidrográficos, o Estado é constituído pelo sistema da Vertente do Litoral (ou Bacia do Atlântico Sul), que compreende principalmente os rios Itapocu, Itajaí, Tijucas, Cubatão, Tubarão, Mambituba e Araranguá, ocupando pouco mais de 32% da bacia hidrográfica do Estado. O restante, que a maioria do território catarinense, faz parte da Vertente do Interior (ou Bacia do Uruguai), formada pelos rios Iguaçu e Uruguai.

Fotos Acervo: FIESC e SANTUR