Pular para o conteúdo principal
Publicado em 9, Nov 2021 por julia.pitthan
Agentes do Observatório _ encontro regional
Publicações

 

Capacitar para a utilização de painéis e colaborar para o desenvolvimento de uma cultura analítica em dados: esses são alguns dos objetivos do projeto Agentes do Observatório FIESC, que teve a primeira etapa concluída em outubro. Nesta fase piloto, foi desenvolvido um treinamento online de 12 horas com colaboradores indicados pelas vice-presidências do Planalto Norte, Vale do Itapocu, Vale do Itajaí e Litoral Sul.


Os agentes participantes atuarão como uma referência na regional no uso e democratização dos dados e informações do portal. “Esse é um passo muito importante na aculturamento do acesso às informações do Observatório FIESC. Somos um centro de inteligência, criado para apoiar a tomada de decisão dos nossos gestores e colaborar com o desenvolvimento da indústria no estado. Com essa iniciativa, criamos um novo canal para qualificar as equipes”, afirma a gerente executiva do IEL/SC, Eliza Coral.


Para o coordenador executivo do Observatório FIESC, Ronaldo Marques da Silva, a iniciativa é uma oportunidade de fomentar uma cultura em dados nas vice-presidências da FIESC. “Estamos investindo na criação de uma infraestrutura de Big Data robusta que irá integrar e automatizar os processos em dados na organização. O treinamento é fundamental para ganharmos adesão das equipes”, afirma o coordenador.


O vice-presidente da FIESC no Vale do Itajaí, Ukrich Kuhn, avalia que a ação é fundamental para aproximar o Observatório dos industriais catarinenses. “O Observatório é uma peça fantástica. Ele contribui de uma forma fabulosa para a tomada de decisões, avaliações e projetos especiais não só no alto nível de uma empresa, mas também no nível gerencial. Porém, estava muito preso a Florianópolis, e isso gerava uma distância do campo real. Com o treinamento, o Observatório vai cumprir realmente a sua função para contribuir de forma mais efetiva e mais real para a nossa indústria de Santa Catarina. É uma ideia de longo prazo que eu acho que vai dar muito certo”, comentou.



Para Celio Bayer, vice-presidente do Vale do Itapocu, o processo é importante para qualificar a atendimento nas regiões. “Nós acreditamos que é de suma importância nós fazermos a qualificação dos nossos agentes locais para saberem consultar os dados tão importantes que temos no Observatório para podermos assessorar os nossos empresários em suas tomadas de decisões. Nós temos o Comitê de Desenvolvimento Regional no Vale do Itapocu e todas as vezes que fizemos reuniões nos municípios ou com empresários, usamos muito os dados do Observatório. Agora, facilita muito com esse treinamento para nós podermos fazer uma depuração ainda melhor dos dados. Todos os dados riquíssimos que temos ali agora ficaram ainda mais fácil para a gente”, declarou.

O vice-presidente da FIESC para o Planalto Norte, Arnaldo Huebl, comenta que o treinamento é relevante para permitir que as equipes acessem às informações disponíveis no portal.

O Observatório FIESC fará ainda novas rodadas de treinamento e capacitação com outras vice-presidências. O perfil básico para participar da iniciativa é ter conhecimento de navegação WEB e painéis interativos; familiaridade com visualizações gráficas; conhecimento no pacote Office é desejável que tenham também habilidade analítica e investigativa e perfil inovador e criativo.