Pular para o conteúdo principal
Publicado em 10, May 2020 por analucia
cef
Publicações

 

 

Conheça a parceria

A Caixa e o SEBRAE assinaram um acordo para facilitar o acesso dos empreendedores a financiamento de capital de giro: uma linha especial de R$ 7,5 bilhões disponibilizada pelo banco e garantida pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), que potencializa o acesso aos pequenos negócios a uma linha de capital de giro.

Esta parceria reforça o papel da CAIXA como banco de fomento e execução das políticas públicas de indução ao crescimento econômico e desenvolvimento do País, com especial apoio ao empreendedorismo, assim como o papel do SEBRAE, que é ser o agente de capacitação e de promoção do desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas.

Atenção: a CAIXA não solicita depósito para aprovação de cadastro ou de análise de crédito.

 

Como funciona o acompanhamento empresarial assistido pelo SEBRAE

Os donos de micro e pequenas empresas serão acompanhados ao longo de todas as fases da operação, através da oferta de capacitações e soluções adequadas às necessidades de cada empreendedor e ao estágio em que ele se encontra no processo do crédito. Isso possibilita uma melhor gestão dos recursos e consequentemente torna a MPE mais preparada para o mercado.
 

Fase 1 – Pré-Empréstimo: o empresário entra na página do Sebrae e assiste ao vídeo tutorial e tem acesso a conteúdos de apoio para calcular a real necessidade de capital de giro e avaliar sua capacidade de pagamento das futuras prestações. Além disso, pode fazer cursos online específicos para aprender a organizar melhor a vida financeira da empresa. O Fale com o Sebrae está disponível para tirar dúvidas e fornecer orientação técnica online.


Fase 2 – Empresa que já conseguiu o crédito com o FAMPE: após obter o empréstimo, o empreendedor recebe um comunicado do Sebrae com informações e dicas importantes para manter a saúde da empresa. O cliente aprende a aplicar autodiagnóstico de gestão empresarial e identificar áreas da empresa que precisam de melhorias, como vendas, marketing, gestão de pessoas, entre outras. De acordo com o seu diagnóstico, o Sebrae oferece uma trilha personalizada de cursos.

Fase 3 - Sinais de inadimplência: O Sebrae também tem solução para quem começar a ter dificuldade de honrar as parcelas. Trata-se de uma consultoria online de recuperação empresarial e renegociação de dívida.

 

 

 

 

 

O que é o FAMPE?

FAMPE é o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas que o Sebrae disponibiliza nos bancos conveniados

O fundo concede aval financeiro complementar aos pequenos negócios. Quando um empreendimento não tem todas as garantias necessárias para conseguir um financiamento, é o FAMPE que as complementa.

O FAMPE pode garantir, de forma complementar, até 80% de uma operação de crédito contratada, dependendo do porte empresarial do solicitante e da modalidade de financiamento.

 

Como Solicitar o Crédito?

A nova linha é especial, já que conta com taxas e prazos diferenciados, tudo para você manter o seu negócio em pleno funcionamento. Ela está disponível para empreendimentos dos setores de indústria (inclusive agroindustriais), comércio e serviços, dos seguintes portes:

Lei Geral Faturamento

MEI - Microempreendedores individuais

 

até R$ 81 mil

ME  - Microempresas até R$ 360 mil

EPP – Empresas de Pequeno Porte de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões

Vale ressaltar que os CNPJ devem ter pelo menos 12 meses de faturamento, não haver nenhuma restrição nem de CPF nem de CNPJ e que estão condicionados à avaliação de risco da CAIXA, em consonância com as práticas de mercado, determinação de órgãos reguladores, acordos internacionais inerentes ao Sistema Financeiro que o Brasil seja signatário, dentre outros aspectos de legislação e regulamentação.

Condições da Operação

PorteValor Máximo por CNPJ Carência Amortização após carência Taxas de Juros

MEI R$ 12,5 mil 9 meses 24 meses 1,59% a.m

MER$ 75 mil 12 meses 30 meses 1,39% a.m

EPPR$ 125 mil 12 meses 36 meses 1,19% a.m

Para ter acesso à linha de crédito é necessário realizar o tutorial do SEBRAE com orientações e informações. Assim, você estará preparado para saber se essa é realmente a melhor solução para o seu negócio, e ficará apto para acesso ao crédito.

Após 5 dias do cadastro e capacitação no portal do Sebrae, a empresa deve preencher o formulário neste site e solicitar o interesse pelo crédito da CAIXA. Para melhor conveniência de atendimento para a empresa, o Gerente da CAIXA entrará em contato, o qual ofertará o pacote de soluções financeiras CAIXA, contendo taxas reduzidas de crédito, serviços no gerenciador financeiro virtual e um acompanhamento empresarial com o Sebrae.

Para as empresas que receberam ou possuem acompanhamento pelo Sebrae, além do pacote de benefícios será ofertada operação de crédito com taxas mais baixas, prazo maior de carência e sem a necessidade de garantias reais, o crédito CAIXA Empresa Sebrae.

Sinais de inadimplência: também temos solução para quem começar a ter dificuldade de honrar as parcelas. Trata-se de uma consultoria online de recuperação empresarial e renegociação de dívida.

Para auto atendimento, convidamos você a testar o Atendimento Digital PJ da CAIXA.

Clique aqui para preenchimento do cadastro da sua empresa e inclusão da documentação pertinente. 

Na sequência será feita análise cadastral tanto da empresa como dos  sócios para liberação de crédito, sendo que, caso o cadastro seja aprovado, você receberá no próprio portal a orientação para comparecer em uma agência para assinatura dos contratos e abertura de conta.

Conheça os cursos do Sebrae

Tags Publicações