Pular para o conteúdo principal
Publicado em 8, Jun 2021 por economia_obser…
Expectativas de mercado com um homem segurando um tablet
Publicações

Mercado reduz projeções da Dívida Pública brasileira

Nesta segunda semana do mês de junho, o mercado segue positivo em relação ao PIB de 2021, com aumento de 0,4 pontos percentuais na estimativa em relação à semana anterior, cujo crescimento econômico esperado atingiu o valor de 4,36%. O responsável pelo grande aumento dessa semana foi o resultado positivo do primeiro trimestre, divulgado recentemente pelo IBGE.

Em relação aos índices de preços, tanto o IPCA como o IGP-M tiveram variações positivas nas projeções para os anos de 2021 e 2022. Para o fechamento de 2021, o IPCA foi reajustado para 5,44%, enquanto que o IGP-M alcançou 18,81%. Desde o dia 24 de maio, a mediana do IPCA vem sendo projetada acima do limite superior de sua meta (5,25%).

Um ponto em destaque no Relatório Focus desta semana foi a queda em todas as projeções anuais da Dívida Líquida do Setor Público (% do PIB) de 2021 a 2024. Essa boa notícia é em detrimento tanto do resultado positivo do PIB no primeiro trimestre, como também pelo superávit primário de R$ 24,3 bilhões registrado nas contas consolidadas do setor público no mês de abril (um recorde para o mês). Outro fator que contribuiu, em menor peso, foi o ajuste do governo no conjunto de moedas estrangeiras da dívida líquida externa.

Assim como na semana passada, as estimativas para o câmbio se mantiveram no valor de R$/US$ 5,30, tanto para o fechamento de 2021 como para 2022.

Já as projeções do ano de 2021 para o Investimento Direto no País (IDP) foram reduzidas para US$ 57,65 bilhões.

Acesse o boletim abaixo para outras informações:

Tags Publicações